PUBLICIDADE

Após perder o emprego durante a pandemia do novo coronavírus, uma mulher usou um cartaz para pedir emprego. A atitude gerou a mobilização de vários moradores, que a ajudaram com ofertas de emprego, além de cestas básicas. Ana Lúcia Ribeiro é mãe de três filhos e tem dois netos.

A preocupação de Ana Lúcia, em manter a família, foi resumida em uma pequena mensagem: “Faço faxina. Tenho referências. Mãe desesperada”. Mais do que um pedido de ajuda, os moradores de Criciúma-SC perceberam que se tratava de um pedido de socorro e se sensibilizaram com a situação da dona de casa, que tem 50 anos e é moradora de Forquilhinha-SC. Ana Lúcia perdeu o emprego por causa da pandemia e foi aos semáforos da cidade pedir por uma oportunidade de sobreviver em meio à crise.

“Tem gente ‘ai que vergonha’. Não é vergonha, gente, não é vergonha. Eu sentiria vergonha de mim se eu não tivesse ido. Então lutem, tentem, corram atrás, vale a pena. Tudo o que vocês fizerem pela família vale a pena”, afirmou Ana Lúcia ao Portal G1.

Ela relata que, inicialmente, recebeu uma cesta básica da Cruz Vermelha. Em seguida, um grupo de amigos também se mobilizou e fez doações de dinheiro e alimentos. Já na quinta-feira (21), Ana Lúcia recebeu uma proposta de emprego com contratação fixa. A entrevista deve ocorrer na semana que vem. Ana Lúcia ainda precisa cumprir com a agenda de faxinas, como diarista, que conseguiu nesta semana.


Leia também

Fonte: Grupo JBR

Artigos relacionados
Carregar mais por redação
Carregar mais em Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Saint-Gobain Abrasivos divulga oportunidade(s) para Desenvolvedor Salesforce – v2078809

Descrição Pré-requisitos: ·         Formação superior completa ·&…