A autora brasileira de livros de ficção científica, Melissa Tobias acabou prevendo, no livro ‘A Realidade de Madhu’, escrito em 2013, que o ano de 2020 seria marcado por uma pandemia de um vírus que mataria muitas pessoas. No trecho, a autora cita que o momento seria completamente caótico – exatamente como tem sido visto em todos os noticiários de TV.

Veja também:
‘Bactéria FDP’: homem cria funk hilário para xingar coronavírus e viraliza na web

“Em 2020, quando a Terceira Realidade terminou de envolver todo o planeta Terra, uma pandemia global matou mais de três bilhões de terráqueos. Foi um momento muito caótico que durou dois anos. Foi uma pandemia viral psicossomática que penetrava somente em corpos incompatíveis com a vibração de amor ao próximo. Não havia para onde fugir”, diz o emblemático trecho do livro.

Confira:

Foto: reprodução Foto: Reprodução

Melissa tem 42 anos de idade e é mãe de dois filhos, um de 13 e um de 9 anos. Ela é designer de interiores e foi comissária de bordo antes de se tornar escritora. A vida de autora, no entanto, não era muito proveitosa no quesito financeiro – até agora!

Após alguém notar a estranha “profecia”, o livro se esgotou em todas as livrarias do país e ganhará uma nova tiragem. A tiragem original, de 2 mil exemplares, custou R$ 15 mil do bolso da própria autora e ela nunca mais viu a cor desse dinheiro, sofrendo grande prejuízo.

Em entrevista ao jornal ‘Extra’, Melissa foi questionada se ela seria uma espécie de vidente ou se poderia prever o futuro. “Nada disso. Não sou médium nem vidente, não vejo espíritos e não falo com ETs, infelizmente. Adoraria, inclusive”, respondeu ela.

Ela contou, ainda, que quando recebeu a foto da página 185 do seu livro prevendo a pandemia que estamos vivendo agora, não se lembrava do trecho e chegou a achar que fosse uma mentira.

“Foi muito louco porque quando recebi a foto da página do livro no meu celular logo pensei: ‘vou desmentir essa fake news’. Mas quando abri o livro, estava lá. E, juro, eu não recordava. Fui mostrar para o meu marido que também ficou surpreso”, afirmou.

Veja também:
Jornalista polemiza ao lamentar coronavírus: ‘mulheres não podem ir ao salão’

Melissa explicou trabalha com o gênero da ficção científica e, na época, se baseou em uma profecia do médium Chico Xavier.

“Existia uma profecia do Chico Xavier que diz que 2019 seria o fim de uma Era. Que iríamos atravessar uma espécie de portal. Como estudo Naturologia, e ela tem como um dos pontos falar das doenças que são quase todas psicossomáticas, ou seja, criadas pelo nosso subconsciente, na nossa cabeça, calhou de juntar as peças”, contou.

“Ainda estou surpresa com tudo isso. Não vamos mudar nada nele [na nova edição do livro]. Mas quero deixar claro que se trata de uma ficção científica, gênero que eu escrevo. Não é um livro espírita nem de autoajuda”, disse Melissa.

Para ela, tudo isso não foi coincidência. “Não creio em coincidências. Sou kardecista [espírita] e creio que existam explicações que vão além da lógica. Quando escrevo, meu estado é quase meditativo. Talvez por isso eu tenha esquecido o que escrevi. Mas não creio que 3 bilhões de pessoas vão morrer. De jeito nenhum. Tem nem cabimento”, avaliou.

Veja também:
Narcisa Tamborindeguy abraça árvores e volta a viralizar ao refletir sobre coronavírus

Fonte: Feed Club

Artigos relacionados
Carregar mais por redação
Carregar mais em Bizarro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Curitiba tem protesto com bandeira do Brasil queimada, vandalismo, tiros e bombas da PM

Essa é sua matéria grátis do dia. Assine agora e tenha acesso ilimitado.R$ 0,99 no 1º mês …