O secretário de estado da Educação, Renato Feder anunciou, nesta terça-feira, que o governador Carlos Massa Ratinho Junior (PSD) revogou a concessão de licença especial compulsória a professores da rede estadual de ensino. A decisão foi tomada em reunião da equipe de governo com o líder na Assembleia, Hussein Bakri, que alertou o Palácio Iguaçu da repercussão negativa e das contestações quanto à legalidade das licenças. Feder anunciou que os professores da rede atuarão no sistema de aulas online implantado pela secretaria e que a concessão de licenças será voluntária, aos professores que a solicitarem ao governo. A APP Sindicato, denunciou, na segunda-feira, que mais de 4 mil professores já teriam recebido comunicado sobre suas licenças, sendo dispensados das teleaulas no EAD (Ensino à Distância) adotado pelo Estado como alternativa ao fechamento das escolas por causa do coronavírus. O número de casos da Covid-19 aumentam diariamente no estado.

Tudo sobre:

Fonte: Gazeta do Povo

Artigos relacionados
Carregar mais por redação
Carregar mais em Curitiba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Saint-Gobain Abrasivos divulga oportunidade(s) para Desenvolvedor Salesforce – v2078809

Descrição Pré-requisitos: ·         Formação superior completa ·&…