A foto de um orangotango oferecendo a mão para retirar um homem de dentro de um lago infestado por cobras viralizou nas redes sociais.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Capturada pelo fotógrafo Anil Prabhakar em janeiro, a imagem foi feita em um safari de Bornéu, a terceira maior ilha do mundo. Anil estava em uma expedição com amigos.

A antiga floresta de Bornéu é protegida pelos governos da Indonésia, Brunei e Malásia, que compartilham a ilha, além de organizações não-governamentais como a BOS – Borneo Orangutan Survival Foundation (Fundação de Sobrevivência dos Orangotangos de Bornéu, em tradução livre). No santuário da ONG, há dezenas de primatas resgatados de situações traumáticas ou ameaçados por caçadores ilegais.

ilha de bornéu lar dos orangotangosIlha de Bornéu. Foto: Matt Betts/OSU College of Forestry

As cobras são para os orangotangos uma ameaça conhecida. E talvez por isso o orangotango sabia que o homem corria perigo de vida caso não saísse do lago imediatamente.

O homem é um guarda florestal que estava verificando se existiam cobras naquelas águas, para permitir ou não a passagem do fotógrafo Prabhakar e de seus amigos.

Questionado pela CNN sobre a foto, o guarda disse que naquele momento ele sentiu que o orangotango estava dizendo: “Posso ajudá-lo?”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Devido à imprevisibilidade desses animais, ele saiu sozinho do lago por outra parte da margem, mas não antes de Prabhakar registrar a foto do orangotango dando a mão para o guarda florestal.

“Foi uma foto realmente emocionante”, resumiu.

Ajude reserva ambiental do Amapá a não fechar as portas

A vida dos orangotangos da floresta de Bornéu está protegida no santuário da ONG BOS.

No Amapá, uma reserva ambiental faz um trabalho parecido, resgatando, cuidando e devolvendo para a natureza diversas espécies de animais da fauna brasileira, como a onça-pintada.

Porém, com recursos limitados para dar conta de todas as despesas, a Revecom pode fechar as portas. Para impedir que isso aconteça, criamos uma vaquinha na VOAA. Clique aqui e contribua.

[Nota da Redação]

A cada bebê que traz ao mundo, o médico Calixto Hueb presenteia a mãe com uma arvorezinha para que a criança cresça com ela. É um primeiro presente à família do recém-nascido e também uma contribuição valiosa do médico para a preservação do meio ambiente. Vem conhecer mais essa história, dá play no vídeo abaixo:

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

Fonte: GNN/Fotos: Reprodução/Instagram @anil_t_prabhakar

Artigos relacionados
Carregar mais por redação
Carregar mais em Comportamento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Concurso do CRA-BA: inscrições abertas para 39 vagas

Estão abertas as inscrições para o concurso do Conselho Regional de Administração da Bahia…