Os pequenos pacientes de terapia neuromotora do Centro Goiano de Reabilitação Neurofuncional (CGRN) pularam Carnaval!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Mesmo com as chuvas que caíram em Goiânia (GO), no momento do desfile as nuvens carregadas deram trégua e o percurso foi maior que o esperado. Agentes da Secretaria Municipal de Trânsito (SMT) deram apoio para o desfile das crianças, algumas em cadeiras de rodas, outras no colo e algumas caminhando.

“A festança já é tradicional, mas nesse ano decidimos fazer algo diferente e com o apoio da equipe de fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogos e musicoterapeuta decidimos criar para as nossas crianças uma experiência completa dos bloquinhos de carnaval de rua. Eles ficaram muito felizes e essa é a recompensa para nós”, afirma a fisioterapeuta e diretora da rede, Silvana Vasconcelos.

“Brincar é parte fundamental da terapia intensiva infantil”

“Criança é criança, e nós temos que incluir nas sessões de terapia o que elas mais gostam: brincar. Quando o ambiente é lúdico e prazeroso, acreditamos que as crianças se sentem mais motivadas a fazer o que precisamos que elas façam, e o melhor de tudo, brincando. Elas precisam querer estar conosco, precisam se sentir bem e alegres nos ambientes da clínica, o que irá implicar em maior interação e, como consequência, maior aprendizagem”, diz a fisioterapeuta.

Veja as fotos:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

Artigos relacionados
Carregar mais por redação
Carregar mais em Comportamento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Com restrições, Mercado Municipal de Curitiba será reaberto nesta quarta-feira

Essa é sua matéria grátis do dia. Assine agora e tenha acesso ilimitado.R$ 0,99 no 1º mês …