Quer receber as principais notícias do Portal de Notícias Online pelo Facebook Messenger? Inscreva-se agora.

Um policial militar matou a esposa e depois se suicidou na manhã desta quinta-feira (9), em Osasco. O crime foi cometido com uma arma utilizada pelo homem no curso de formação da Polícia.

Daniel Piauí, de 31 anos, disparou três vezes contra a companheira Suelma Sousa e, logo na sequência, atirou em si mesmo. Ambos morreram no local.

Segundo informações da Record TV, o caso ocorreu após Suelma descobrir uma traição do marido: os dois discutiram em frente ao prédio onde moravam e Daniel disparou contra a esposa antes de se matar. Ela foi morta na véspera de seu aniversário – completaria 33 anos nesta sexta-feira (10).

A perícia foi acionada para apurar o caso, que será registrado no 10º DP de Osasco

Artigos relacionados
Carregar mais por redação
Carregar mais em Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Confidencial divulga oportunidade(s) para Analista Contábil Sr. – 1976427

Atividades:– Responsável por toda a rotina contábil da Empresa. – Conciliações…