PUBLICIDADE

Nesta sexta-feira (14), a Polícia Civil  prendeu um homem de 60 anos condenado por estuprar e matar uma mulher que sofria transtornos mentais e Natividade, sudoeste de Tocantins. o crime ocorreu há mais de 30 anos, em 1986. na época com 27 anos, o acusado do assassinato só foi condenado em 2011. Desde então, ele estava foragido. 

Joadelson Rodrigues Albuquerque, delegado responsável pelo caso, informou que o homem esatva trabalhando com agricultura familiar em um projeto de assentamento de Porto Nacional quando foi detido. A cidade onde o crime ocorreu fica a cerca de 130 Km de distância do local onde ele foi preso. 

A Secretaria de Segurança Pública não divulgou seu nome, mas a pena a qual ele foi condenado é de mais de 30 anos. Ele foi levado para a Cadeia Pública de Natividade. Os policiais disseram que o homem não reagiu após ser abordado. A condenação foi por homicídio qualificado. Na época, ele também agrediu o marido da vítima, um idoso de 70 anos.


Leia também

Fonte: Grupo JBR

Artigos relacionados
Carregar mais por redação
Carregar mais em Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Em estreia como rainha de bateria, Lexa cai durante desfile

PUBLICIDADE A cantora Lexa se desequilibrou e foi ao chão durante o desfile da Unidos da T…