PUBLICIDADE

Dono do touro solto na madrugada da última quarta-feira (12), na avenida Gury Marques com a Guicurus, em Campo Grande, terá dez dias para retirar o animal, resgatado e colocado pelos bombeiros locais em uma área da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FAMEZ), pertencente à Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS).

O animal foi flagrado nas ruas, feriu a perna de uma motociclista e ainda perfurou o pulmão de um homem e atacou policiais e repórteres que cobriam a ação.

Segundo as autoridades, o dono do boi precisa pagar uma autuação pela manutenção do animal em via pública, cujo valor varia de R$100 a R$15 mil, além de um boleto da prefeitura no valor de R$ 46,60, equivalente ao valor do resgate.

Motoristas e pedestres que viram o touro no fim da noite chamaram o Corpo de Bombeiros. O animal estava nervoso e causava transtorno no trânsito. Os militares então o amarraram a um poste para que fosse recolhido pelo CCZ.

No entanto, por volta das 5h30 (de MS), ele conseguiu se soltar e derrubou uma mulher que pilotava uma motocicleta. Ela teve uma das pernas machucadas e foi levada para atendimento médico. Bombeiros foram novamente chamados e, desta vez, tiveram apoio de policiais militares e parte do trânsito precisou ser interditado.

O animal continuava nervoso e um homem que passava por lá foi tentar contê-lo, mesmo sendo orientado pelos bombeiros a não se aproximar. O touro então o atacou e ele teve um dos pulmões perfurados, sendo encaminhado para atendimento em estado grave.


Leia também

Fonte: Grupo JBR

Artigos relacionados
Carregar mais por redação
Carregar mais em Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Publicado edital de concurso da Marinha com 40 vagas para músicos

Foi publicado o edital do concurso da Marinha com 40 vagas para admissão ao Curso de …