PUBLICIDADE

Em uma publicação no Instagram da fotógrafa e empreendedora norte-americana Jenna Kutcher, 29 anos, um internauta fez um questionamento maldoso e invasivo quanto ao relacionamento de 10 anos entre ela e o marido, Drew Kutcher. 

Um seguidor a questionou como ela tinha conseguido conquistar um homem tão bonito quanto Drew. A blogueira decidiu, então, se manifestar e acabou fazendo uma reflexão sobre o assunto. 

A fotógrafa afirmou que a beleza do marido foi uma das razões que a levaram a se sentir insegura com o próprio corpo. “Por que eu, uma mulher cheia de curvas, mereceria ficar com ele? De certa forma, às vezes, sinto que não o mereço e, inclusive, invento narrativas na minha cabeça de que, porque eu não sou magra, eu não o mereço”, desabafa.

“Ele abraçou cada curva, cada celulite, quilos e espinha meus nos últimos dez anos. E sempre me lembra de que sou linda, mesmo quando eu mesma não acredito nisso”, afirmou a blogueira. 

View this post on Instagram

Someone once slid into my DMs and told me they couldn’t believe I had managed to land a guy as good looking as @kickingitwithkutch. I’ll be honest that I was taken aback. ✨ Part of my insecurity with my body has stemmed around being married to Mr. 6-Pack himself. Why should I, a curvy girl get him? I feel unworthy and when I write narratives in my head that because I am not thin, I don’t deserve him. 🙋🏼 This man has embraced every curve, every dimple, pound and pimple for the last ten years and has always me reminded me that I’m beautiful even when my inner dialogue doesn’t match. 🙌🏻 So yes, my thighs kiss, my arms are big, and my bum is bumpy but there is just more of me for him to love and I chose the man that could handle alllll that (and so much more!) ✨ I am so much more than my body, so is he, and so are you. Double tap if true love doesn’t see size. Photo by: @mrslindseyroman

A post shared by JENNA KUTCHER (@jennakutcher) on

Leia o relato na íntegra em português:

“Alguém certa vez me mandou uma mensagem pelo Instagram e me disse que não podia acreditar que eu havia conseguido fisgar um cara tão bonito quanto meu marido. Vou ser honesta, fiquei surpresa.

Parte da minha insegurança com meu corpo surgiu em torno do fato de ser casada com o Sr. Tanquinho. Por que eu, uma mulher cheia de curvas, mereceria ficar com ele? Sinto que não o mereço e às vezes escrevo narrativas na minha cabeça de que, porque eu não sou magra, eu não o mereço.

Este homem abraçou cada curva, cada celulite, quilo e espinha pelos últimos 10 anos e sempre me lembrou que eu sou linda, mesmo quando eu mesma não acredito nisso.

Então sim, minhas coxas encostam uma na outra, meus braços são grandes e meu bumbum é ‘esburacado’, mas simplesmente há mais de mim para ele amar e eu escolhi o homem que pudesse dar conta de tuuuudo isso (e muito mais).

Eu sou tão mais que o meu corpo, e ele também, e você também.”


Leia também

Fonte: Grupo JBR

Artigos relacionados
Carregar mais por redação
Carregar mais em Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

ALUBAUEN LTDA divulga oportunidade(s) para Estagiário na Área de Qualidade – v2057332

– Apoiar a elaboração, revisão e implementação dos documentos internos, visando mant…